Nesta terça (19): audiência Pública sobre zona de amortecimento do PELAG na Câmara de São João da Barra
18/07/2022 12:01 em São João da Barra

A Câmara de São João da Barra vai sediar uma audiência pública nesta terça-feira (19), às 10h, para discutir um assunto que vem causando alguns transtornos aos moradores do Açu: a zona de amortecimento do Parque Estadual da Lagoa do Açu (PELAG). O encontro será promovido pela Comissão de Defesa do Meio Ambiente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) e contará com a presença de representantes da Concessionária Enel, do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

Com uma área de 8.276,67 hectares, o PELAG foi criado pelo decreto estadual nº 43.522, de 20/03/2012 e é formado por extensa vegetação de restinga e áreas úmidas remanescentes, abrangendo os municípios de Campos e São João da Barra. O parque possui uma grande biodiversidade de espécies de fauna e flora. A zona de amortecimento é o espaço localizado no entorno da unidade de conservação. Neste espaço, as atividades humanas estão sujeitas a normas e restrições específicas, com o propósito de minimizar os impactos negativos sobre a unidade ambiental. 

Segundo o presidente da Comissão Permanente de Defesa de Ecologia e Meio Ambiente da Câmara, vereador Analiel Vianna, a zona de amortecimento do PELAG compreende boa parte da área urbana do Açu e isso tem gerado muitos transtornos aos moradores, por exemplo, quando necessitam de algum serviço essencial, como energia elétrica. Na tentativa de buscar uma solução, o vereador conta que entrou em contato com o deputado Gustavo Schmidt, que preside a comissão estadual, e solicitou a audiência com o objetivo de ampliar a discussão e buscar uma saída. "Esse debate será importante porque vamos ter todos os órgãos simultaneamente discutindo o assunto para encontrarmos um caminho que possa solucionar de vez esse problema”, ressaltou.

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE